Dicas

Como crescer e envelhecer bem [+]

No setor de pediatria da clínica, ao acompanharmos o desenvolvimento doa filhotes de cães de raças grandes, já não nos assusta mais vê-los dobrar de peso a cada retorno de consulta ou vacina, no intervalo de 21 a 30 dias. O crescimento acelerado que ocorre entre o segundo e o sexto mês, faz com que músculos e ossos trabalhem em um ritmo frenético para transformar aquele filhotinho em um grande cão maravilhoso. Nesta fase, o cuidado com as articulações, através do controle da velocidade de crescimento e o ganho de peso, assegura uma vida adulta e o envelhecimento saudável.

Existem algumas doenças degenerativas articulares e displasias ósseas hereditárias ou adquiridas que acometem os cães, principalmente os de grande porte. Apesar da genética ter um peso importante no aparecimento destes problemas, a nutrição pode influenciar significativamente no desenvolvimento e na severidade dos mesmos. Hoje são bastante raros os problemas ortopédicos ocasionados por deficiência de cálcio e vitamina D.O que se percebe na prática é justamente o contrário onde o consumo de alimentos com alta porcentagem de minerais e energia aumenta a probabilidade de desenvolvimento ou maior severidade dos sintomas de patologias como a OSTEOCONDROSE e a displasia COXO-FEMURAL.

Alimentos especialmente desenvolvidos para atender as necessidades de cães de grande porte, possuem teor moderado de energia e níveis adequados de cálcio, fósforo e vitamina D, além de condroprotetores como a glucosamina e a condroitina, que conferem proteção às articulações, proporcionando um crescimento harmônico nos filhotes e ajudando a manter o peso ideal nos adultos.

 
VOLTAR
Dog & Company © 2016